fbpx
Scroll to top

O TED ou o DOC estão com os dias contados. Conheça o novo sistema de pagamentos instantâneos (PIX)

Fonte: Exame.com

O Banco Central (BC) antecipou para 5 de outubro o registro das chaves de endereçamento para receber um PIX, sistema de pagamentos e transferências instantâneos.

O objetivo do PIX é que os mais diversos pagamentos passem a ser tão fáceis, simples, intuitivos e rápidos quanto realizar um pagamento com dinheiro em espécie.

PIX vai aumentar a competição no mercado, diz David Vélez, do Nubank:

Além de tornar mais rápido e prático o ato de fazer pagamentos e transferências, ele vai baratear o processamento de pagamentos para todos os participantes, permitindo a chegada de novos entrantes no setor. De acordo com ele, esse aumento na competição beneficia o consumidor que ganha mais opções na hora de realizar as transações.

David Vélez

O que é o PIX?

O PIX é um meio de pagamento que envia e recebe dinheiro em questão de segundos, 24 horas por dia, em todos os dias do ano.

Ou seja, aquela transferência feita no final de semana poderá agora ser completada fora do horário comercial do banco, de forma mais rápida, barata e segura.

Isso é possível porque na plataforma as transferências irão ocorrer diretamente da conta do usuário pagador para a conta do usuário que recebe o valor, sem a necessidade de intermediários.

A rapidez acontece também por conta de uma simplificação nas informações necessárias, que as tornam mais convenientes. Atualmente uma transferência eletrônica de dinheiro demanda que o usuário passe várias informações para quem vai receber o valor.

Quem está na lista para participar do PIX?

Já existe uma lista de quase mil instituições financeiras que solicitaram adesão ao serviço no Banco Central (BC). São bancos, fintechs e cooperativas que estão preparando e testando seus sistemas para ofecê-lo. Confira se a instituição em que você tem conta pretende ofertar o PIX desde o lançamento.

Entre as instituições da lista, estão o aplicativo Ame, das Lojas Americanas; Posto Ipiranga, Renner, BMG, Bradesco, BTG, C6, Sicredi, Crefisa, Digio, BB, Inter, Modal, Original, Pan, Santander, XP, Cielo, Creditas, Itaú, Magalu, Mapfre, Meliuz. MercadoPago, Neon, Nubank, OLX, PagSeguro, Paypal, PicPay, RecargaPay e Stone.

Quais as diferenças entre o PIX e outras formas de pagamento?

Veja abaixo as diferenças do PIX em relação ao TED e DOC:

TED/DOCPIX
Forma de pagamentoQuem envia o dinheiro precisa conhecer e digitar os dados do recebedor, como seu banco, o número da agência, o número da conta, o tipo da conta e seu CPF ou CNPJ.O pagador precisa apenas clicar na chave que já está armazenada no celular, no link enviado por quem recebe os valores ou ler o QR Code de quem recebe o dinheiro.
NotificaçãoQuem faz o pagamento ou transfere o dinheiro não é notificado sobre a conclusão da transação.Pagador sempre será notificado a respeito da quitação da transação, inclusive em caso de erro.
DisponibilidadeGeralmente somente está disponível em dias úteis, entre 6h e 17h30.Pode ser iniciado em qualquer dia e horário.
UsoMais limitado.Atende múltiplos usos.

Veja abaixo as diferenças entre o PIX e o boleto:

Boleto
Forma de pagamentoPagamento é feito via leitura ou digitação do código de barras. Quem paga precisa apenas clicar no link enviado por quem recebe o dinheiro ou ler o QR Code do recebedor.
NotificaçãoQuem envia o dinheiro não é notificado.Quem paga sempre será notificado a respeito da conclusão da transação, inclusive em caso de erro.
DisponibilidadeO pagamento somente está disponível em dias úteis.Pagamento pode ser iniciado em qualquer dia e horário.
EscopoTem uso mais limitado.Atende qualquer uso.

Veja agora as diferenças entre PIX e cartão de débito:

 Cartão de débitoPIX
Forma de pagamentoPagamento depende do cartão.Todas as transações podem ser iniciadas por meio apenas do celular.
EscopoMais usualmente utilizado para compras de bens ou serviços.Atende qualquer uso.

Entenda as diferenças entre o meio de pagamento e o cartão de crédito:

Cartão de crédito
Forma de pagamentoPagamento depende do cartão. Todas as transações podem ser iniciadas por meio do celular, sem a necessidade do plástico.
EscopoMais usualmente utilizado para compras de bens ou serviços.Atende qualquer uso.
Pagamento de anuidadeDepende do contrato do cliente com a instituição.Não pode ser cobrada anuidade do cliente pelo uso do PIX
Débito dos recursos em contaExiste um dia fixo para o pagamento da fatura. Os recursos só são debitados dias após a realização da compra, a depender da data da transação.Ocorre em poucos segundos.
Oferta de créditoOferta uma linha de crédito específica (limite do cartão) para a realização de compras. Não é uma operação de crédito.

O que preciso fazer para participar da plataforma?

O consumidor que quiser pagar e receber com PIX em novembro deverá ter conta corrente, conta de depósito de poupança ou conta de pagamento pré-paga em uma instituição financeira que foi aprovada na plataforma. Somente podem movimentar as contas os titulares. Por exemplo, se o pai quiser que o filho possa movimentar a conta pelo PIX, ele deve cadastrá-lo como titular dessa conta e dar a ele uma chave para endereçamento. Não há a figura do dependente, como no caso dos cartões. Se a instituição em que você tem conta não participar do PIX desde o seu lançamento, ela terá uma nova oportunidade de participar a partir de dezembro.

Veja a matéria completa:

Author avatar
tmassociadosite

Post a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Utilizamos cookies para proporcionar a melhor experiência.